Notícias

Diretor da Fenemi participa de reuniões em Brasília sobre atuação do Confea e CAU-BR

O engenheiro mecânico Josias Ribeiro, 2º vice-presidente da FENEMI, participou em Brasília de uma reunião para discutir a elaboração da resolução conjunta do CONFEA e CAU-BR que visa atender às questões de sombreamento em campos de atuação entre as profissões dos dois Conselhos Federais.

Estão previstos ainda 5 encontros no 2º semestre, todos na Sede do Confea em Brasília. A Comissão Temática de Harmonização Interconselhos - CTHI é constituída de Conselheiros Federais do CONFEA e de um representante de cada uma das modais de engenharias Mecânica, Civil e Elétrica.

Indicado pela Coordenadoria de Câmaras de Engenharia Mecânica e Industrial do Confea, o 2º vice-presidente da FENEMI, o eng. mec. Josias Ribeiro, é Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalurgia do CREA-MG e vice-presidente da ABEMEC-MG.

FENEMI apoia o maior Encontro das Engenharias do Brasil, que acontece em 2019 em Brasília

A Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) é parceira do maior Encontro das Engenharias do Brasil (ENDEB). O evento acontece entre os dias 14 a 16 de novembro de 2019, em Brasília, Distrito Federal.

Com um novo conceito de evento, o objetivo é reunir diferentes públicos como profissionais da área, professores, instituições de ensino, empresários, empresas de todo o país para somar, compartilhar experiências e aprendizados.

A FENEMI, entidade associativa que representa a Engenharia Mecânica e Industrial, apoia os eventos ligados à Engenharia com o intuito de promover o desenvolvimento científico, técnico e cultural entre os profissionais e acadêmicos ligados às essas áreas.

Para quem tem ou trabalha em uma empresa, quer fazer parte desta história e confirmar presença no maior Encontro das Engenharias do Brasil, pode se inscrever pelo site: https://goo.gl/7Rs8Zk Ou pode entrar em contato com os organizadores pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

XVIII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial será realizado em outubro

Estão abertas as inscrições e submissões de trabalhos acadêmicos para o XVIII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI), que acontece entre os dias 23 e 25 de outubro na cidade de Joinville, Santa Catarina - na Universidade Univille.

O evento, realizado pela Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) e pela Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos Seção Santa Catarina (ABEMEC-SC), tem como objetivo unir profissionais de Engenharia do Confea/Crea e Mútua, pesquisadores, professores e acadêmicos do curso de engenharia para debater e compartilhar experiências entre os profissionais da área.

Com o tema “O futuro das energias sustentáveis e os desafios para a Engenharia Industrial”, o Congresso será divido em diversas atividades, como palestras, minicursos, sessões e visitas técnicas, ministradas por profissionais renomados de diversos Estados brasileiros.  Além da apresentação dos artigos aprovados.

Ao final do congresso o certificado será disponibilizado pelo site da Conemi. As inscrições seguem até o dia 19 de outubro, a taxa varia de acordo com as atividades inclusas e da área profissional.

Manutenção às cinzas

Brasília, 03 de setembro de 2018

Em um País onde decisões técnicas são revogadas por não técnicos, a manutenção vira cinzas carregadas pela brisa acumulando-se pelas superfícies por onde passam, levando uma mensagem de socorro à engenharia nacional.

Nos últimos anos são tantos exemplos de negligência aos normativos e preceitos técnicos que a cálida sociedade só pode lamentar a perda de sua memória histórica, quando não de seus semelhantes.

Observando estarrecida artefatos que esperaram mais de mil anos para serem cremados, incinerados na literalidade pelo fogo que incendiou mais um Museu, mas também "queimados" pelo descaso dos responsáveis pelo envio de recursos e contratação de uma manutenção efetiva.

Das cinzas desse incêndio, as autoridades tentam "apagar outro incêndio" liberando verba de reconstrução que poderiam financiar pelo menos 10 anos de manutenção digna ao Museu, que agora arrefece sua edificação, em medida tardia a manutenção corretiva é mais dispendiosa que a preventiva, mas nesse caso é apenas possível reparar e reconstruir as instalações o que foram queimadas, mas jamais poderemos repor artefatos que eram únicos.

A FENEMI (Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial) se compadece com uma irrecuperável memória de mais um lastimável incêndio ocorrido salientando que as ações nesse momento devem ser corretivas, nesse caso, mas preventivas e preditivas nos demais museus e patrimônios da humanidade, fazendo-se a sugestão de mapeamento e implantação de programa nacional para a correta manutenção de nossos acervos nacionais.

Assegurando dessa forma o acesso à nossa história para as gerações futuras e quem sabe promover uma melhor conscientização de todos para que a manutenção seja enxergada como um processo de constante atualização e gestão de nossos ativos, atuando de forma preventiva e progressiva.

FENEMI
Presidente, eng mec. Marco Aurelio Candia Braga
Vice-presidente, eng. mec. Gutemberg Rios

Site do CONEMI é lançado na 75ª SOEA

O site do Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI) já está no ar e recebendo inscrições e submissões de trabalhos acadêmicos. Lançado durante a 75ª Semana Oficial de Engenharia, o site dá a largada para a realização do maior evento da Engenharia Mecânica e Industrial do Brasil.

O evento é promovido pela Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) e pela Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos Seção Santa Catarina (ABEMEC-SC) e está sob coordenação do ex-presidente da FENEMI, eng. mec. Jorge Nei Brito.

Segundo o vice-presidente da FENEMI, eng. mec. Gutemberg Rios – presente no lançamento do site – a ocasião não poderia ser melhor. “Participamos de um evento nacional que coloca em pauta os principais debates da Engenharia nacional. Lançar o site do CONEMI aqui na SOEA evidencia a importância deste evento como determinante nos rumos da Engenharia Industrial brasileira”, avaliou.

O site reúne todas as informações sobre o CONEMI, tais como objetivos, programação, atividades previstas, histórico, comissões e outras. A novidade fica por conta do novo sistema de submissão de trabalhos que será disponibilizado em breve.

CONEMI – A décima oitava edição do Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI) será realizada entre os dias 23 e 25 de outubro, em Joinville, Santa Catarina, na universidade Univille. Com o tema “O futuro das energias sustentáveis e os desafios para a Engenharia Industrial”, o evento vai reunir profissionais de todo o Brasil. 

Realizado desde 2001, teve sua primeira edição em São Paulo. Congrega profissionais e instituições do Sistema Confea/Mútua, em especial da Engenharia Mecânica e Industrial, de todo o País. Tem como objetivo promover o debate técnico-científico, difusão de conhecimento e tecnologias, compartilhamento de experiências e promoção de networking entre os profissionais da área.

Durante os três dias de Congresso, serão oferecidos minicursos, palestras, sessões técnicas e visitas técnicas, além da apresentação dos artigos submetidos e aprovados pela comissão responsável. São 30 temáticas que poderão ser exploradas para submissão de artigos.

Clique aqui para acessar o site do CONEMI.

 

Diretoria da FENEMI se reúne durante a 75ª SOEA

Membros da diretoria da Federação Nacional da Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) se reuniram nesta quinta-feira, 23, durante a realização da 75ª SOEA em Maceió. Conduzida pelo vice-presidente da instituição, eng. mec. Gutemberg Rios, o encontrou teve como pauta as ações nacionais da Federação, bem como a realização do Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI).

Presentes na reunião, membros da comissão organizadora do Congresso debateram os últimos detalhes para a abertura das inscrições e submissões de artigos. Sob a coordenação do ex-presidente da FENEMI, eng. mec. Jorge Nei Brito, o CONEMI traz como tema em sua décima-oitava edição “O futuro das energias sustentáveis e os desafios para a Engenharia Industrial”. Neste ano, o Congresso será sediado em Joinville, SC, e terá novidades com a implantação de um sistema para admissão de artigos e com registro ISSN nos anais do Congresso.

No encontro também foram alinhadas as ações da Federação em caráter nacional, como participações em editais do Sistema Confea/Crea e Mútua, além da disponibilização de uma cartilha para estimular a criação de novas Associações Brasileiras de Engenheiros Mecânicos nos estados em que ainda não há ABEMEC.

Participaram da reunião, ainda, o 2º vice-presidente, eng. mec. Josias Filho, o diretor de planejamento, eng. mec. Carlos Roberto Silveira, a diretora de planejamento III, eng. mec. Michele Costa Ramos, o membro do conselho fiscal, eng. mec. Cesar Luiz Corbellini, os membros da ABEMEC-SC e da comissão organizadora do CONEMI, engs. mecs. Gilson dos Santos, João Danco e Emerson Corazza e o diretor técnico de eventos da ABEMEC-BA, eng. mec. Eduardo Sousa.

75ª Soea: Minicurso aborda PMOC

O primeiro dia de programação da 75ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia (SOEA) contou com minicursos sobre Indústria 4.0 e Plano de Manutenção, Operação e Controle de Sistemas de Climatização (PMOC).

Estiveram presentes o vice-presidente da Federação Nacional da Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) e presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos Seção Distrito Federa (ABEMEC-DF), eng. mec. Gutemberg Rios, o ex-presidente da FENEMI e coordenador do Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI), eng. mec. Jorge Nei Brito, e o diretor técnico e de eventos da ABEMEC-BA, eng. mec. Eduardo Sousa.

Ministrado pelo eng. mec. e seg. trab. Arthur Visgueiro Maciel, o minicurso introduziu o conceito de PMOC, falando sobre a implantação e acompanhamento. Após a sanção da Lei n° 13.589/2018 pela Presidência da República, o PMOC tornou-se obrigatório e tem objetivo de prevenir ou minimizar danos à saúde dos ocupantes de edifícios com climatização instalada. Para isso, é necessário haver um responsável técnico habilitado para acompanhamento e execução do Plano.

Nesta quinta, a programação da SOEA tem continuidade com palestra sobre Indústria 4.0 e reunião da Coordenadora de Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial (CCEEI).

Confea se posiciona pela reconstrução ética do país

Entre profissionais, estudantes, pesquisadores, cientistas e lideranças classistas, cerca de 3 mil pessoas prestigiaram, na noite desta terça-feira (21/8), a abertura da 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia – a primeira da atual gestão do Confea. Empossado em janeiro último, o presidente Joel Krüger destacou, em seu discurso de abertura, a importância do diálogo com os diversos órgãos do governo e outras instituições. “Precisamos mostrar que a nossa engenharia, nossa agronomia, nossas geociências são alavancas propulsoras do desenvolvimento nacional e precisam ser respeitadas e ouvidas”.

Krüger foi aplaudido quando se posicionou contra a privatização da Eletrobras. “A Eletrobras é agente protagonista do setor elétrico. O Confea não ficará omisso, assistindo passivamente a desmontes de patrimônios nacionais – se posicionará da mesma forma sempre que a soberania nacional for atacada”.

Ao se referir aos homenageados com as honrarias do Sistema Confea/Crea, o presidente do Confea rendeu referências ao passado, ao presente e ao futuro – este que se materializa a partir dos estudantes e pesquisadores participantes do Congresso Técnico e Científico – Contecc. “Com 577 trabalhos apresentados, esses jovens nos dão uma visão do muito que a área tecnológica pode proporcionar para a reconstrução do Brasil, como o proposto no tema central da Semana. Eles representam a renovação do país e do Sistema Confea/Crea e Mútua”.

Pela segunda vez em Maceió (AL), a Semana tem como tema, em 2018, “Engenharia e Ética na Reconstrução do Brasil”. Com programação intensa, até sexta-feira, 24/8, engenheiros, agrônomos, geólogos, meteorologistas e geógrafos debatem soluções para a retomada do crescimento do país por meio da valorização dessas profissões.

Representando o governador de Alagoas, Renan Filho, o secretário executivo do Gabinete do Governo, Adrualdo Catão, destacou a relevância da Soea e dos profissionais do Sistema Confea/Crea para o futuro do Brasil. “É com muito orgulho que recebemos este importante evento de profissionais da engenharia, que certamente serão a chave da retomada do crescimento da economia do país”. Catão reiterou o convite aos participantes a desfrutarem das belezas, cultura e costumes de Alagoas. “Sejam todos bem-vindos ao nosso estado.”

Orgulho também foi mencionado pelo prefeito de Maceió, Rui Palmeira. “Teremos debates riquíssimos na 75ª Soea. Que ao término do evento possamos fazer reflexões importantes para a engenharia”, disse. Palmeira também destacou a importância da engenharia para a superação do “momento conturbado no país”, como disse. “Quando a engenharia vai bem, o país segue o mesmo caminho. Temos que acreditar que o próximo ano será o do retorno ao desenvolvimento”.

Presidente do Crea-AL, Fernando Dacal
Presidente do Crea-AL, Fernando Dacal

Ao ressaltar que 2018 é o ano em que o Crea-AL comemora seu Jubileu de Ouro, o presidente do Regional anfitrião, eng. civ. Fernando Dacal, mostrou comprometimento: “Vamos fazer a maior Soea da história. Precisamos mostrar ao Brasil que a retomada do desenvolvimento obrigatoriamente passará pelas mãos da engenharia”.

Paulo Roberto Guimarães, diretor e presidente da Mútua
Paulo Roberto Guimarães, diretor e presidente da Mútua

Em sua oportunidade, o eng. civ. Paulo Roberto Queiroz Guimarães, diretor-presidente da Mútua, resgatou sua história enquanto diretor da Caixa de Assistência em outras Semanas de Engenharia. “Há doze anos, inaugurávamos, aqui em Maceió, este mesmo centro cultural e de exposições, na 63ª Soea”, lembrou, afirmando querer repetir a marcante presença da Mútua no evento, como aconteceu em naquele ano. “Volto a este lugar, numa Soea, no momento em que assumirei a minha segunda gestão na presidência da Mútua. Acredito que esse fato traga as mesmas boas energias de 2006 para a nossa gestão”, afirmou, convidando todos para a cerimônia de posse da nova diretoria da Mútua, a ser realizada na sexta-feira (24).

Também participaram da mesa de abertura a presidente da União Pan-Americana de Associações de Engenheiros (Upadi), eng. civ. María Teresa Dalenz, o vice-presidente do Confea, eng. eletric. Edson Alves Delgado, o coordenador adjunto do Colégio de Presidentes, Arício Resende (presidente do Crea-SE), o coordenador do Colégio de Entidades Nacionais, eng. civ. Wilson Lang, e o coordenador nacional de Câmaras Especializadas de Geologia e Minas, geól. Ronaldo Malheiros Figueira.

Reportagem: Adriano Comin (Crea-SC), Jescika Araújo (Crea-PI), Brunno Falcão (Crea-GO), Maria Helena de Carvalho (Confea), Rafael Valentim (Crea-AM)

Edição: Beatriz Craveiro (Confea)

Revisão: Lidiane Barbosa (Confea)

Equipe de Comunicação da 75ª Soea

Fotos: ART IMAGEM Fotografia

 

75ª Soea: Alberto Belchior tem nome inscrito no Livro do Mérito

Em noite de homenagens, a 75ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia teve sua abertura marcada pela emoção, na noite dessa terça (21), em Maceió (AL). O engenheiro mecânico Alberto Leite Barbosa Belchior foi homenageado in memoriam com a inscrição de seu nome no Livro do Mérito do Confea. Na solenidade, o vice-presidente da Fenemi, eng. mec. Gutemberg Rios, entregou a láurea ao filho do engenheiro, Matheus Belchior.

“Eu e minha família estamos muito felizes pela indicação da Fenemi e temos muito orgulho de representar meu pai aqui. Traz boas memórias também”, declarou Matheus. “A família sabe o tamanho da dedicação dele em favor da Engenharia do Ceará”, complementou.

"Esse singelo gesto de homenagem a um engenheiro, bravo e lutador, é o merecido reconhecimento não apenas por seu trabalho, mas à engenharia nacional que aos poucos se torna mais coesa e focada", destacou o vice-presidente da FENEMI. "Ser o porta voz da engenharia mecânica e industrial do Brasil em sessão solene é inenarrável! Estamos cuidando com muito afinco para o desenvolvimento de nossa indústria nacional, certo de que em breve estaremos também homenageando novos destaques e engenheiros notáveis".

Livro do Mérito - A outorga é concedida anualmente durante a realização da Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea). Nesta 75ª edição, o evento está sendo realizado em Maceió, Alagoas, até o dia 24 de agosto. As instituições são convidadas a indicarem aqueles profissionais com reconhecida carreira profissional pautada na ética e contribuições para o desenvolvimento e defesa da Engenharia Nacional.

“Sentimo-nos muito honrados e gratos pela homenagem que será concedida a este notório profissional da Engenharia Mecânica nacional”, afirmou o presidente da FENEMI, Marco Aurelio Candia Braga.

Alberto Leite Barbosa Belchior – O engenheiro mecânico cearense foi indicado pelo ex-presidente, atual membro do Conselho Executivo da FENEMI, eng. mec. Jorge Nei Britto. Sua história foi marcada por relevantes contribuições ao Sistema Confea/Crea e Mútua. Destaques para os serviços prestados ao Confea, ao Crea-CE, no fortalecimento das Entidades de Classe (SENGE; AEMI-CE; CEC), das profissões, e aprimoramento técnico profissional. Belchior colaborou ainda no setor público, contribuindo no Departamento de Edificações Rodagens e Transportes -DERT, participando de diversos projetos governamentais. Sua atuação como engenheiro, na gerência e consultoria, de diversas empresas privadas, revelou sua importância na Engenharia. Belchior faleceu em março deste ano.

São 24 agraciados no Livro do Mérito e na Medalha do Mérito e três menções honrosas a entidades.

Nota de falecimento: Eng. Paulo Deni Farias

Com pesar comunicamos o falecimento do Engenheiro Mecânico e de Engenheiro de Segurança do Trabalho Paulo Deni Farias, na tarde dessa quinta-feira (16), natural de Rio Grande, aos 68 anos de idade. O velório está acontecendo na Capela 3 do Cemitério da Santa Casa (Av. Professor Oscar Pereira, 423), na Capital. O enterro será às 16 horas.   

Este profissional atuou em diversas instâncias no Sistema Confea/Crea. No CREA-RS foi conselheiro, representante da Sociedade de Engenharia no Estado do Rio Grande do Sul, por três mandatos na Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica, tendo sido indicado para coordenador e coordenador-adjunto. Entre os anos de 2011 a 2013 foi 1º vice-presidente do Conselho.

Em 2015 foi eleito pelo Plenário do CREA-RS para ser diretor financeiro da Mútua-RS. Na Sessão Plenária Ordinária de fevereiro deste ano foi reconduzido ao cargo na Mútua-RS ano para cumprir o segundo mandato até 2020. Foi empossado pelo Eng. Agr. Gustavo André Lange, 1º vice-presidente do CREA-RS no exercício da Presidência, Eng. Civ. Astor Grüner, 2º vice-presidente, e Geól. e Eng. Seg. Trab. Pablo Souto Palma, diretor-geral da Mútua-RS.

Em nome da Diretoria, dos conselheiros, inspetores e funcionários, o CREA-RS presta condolências aos familiares e amigos. 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

• 1º Vice-Presidente do Crea-RS – 2013.
• Conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS (Representante da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul - SERGS) - Conselheiro Suplente – 2005 a 2007; Conselheiro Titular – 2008 a 2010, e 2011 a 2013.
• Coordenador Adjunto da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS  - 2009.
• Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS - 2010 e 2012.
• Representante de Plenário do CREA-RS na Coordenadoria Nacional das Câmaras de Engenharia de Segurança do Trabalho - 2010-2011.
• Coordenador Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial do Sistema CONFEA-CREA – 2012.
• Vice-presidente do CREA-RS - 2013.
• Membro do CPR-RS (Comitê Permanente Regional) (NR-18) Representante da FIERGS.
• Conselheiro do CONTRAB (Conselho das Relações do Trabalho e Previdência) FIERGS.
• Coordenador do GEAT (Grupo de Estudo do Ambiente do Trabalho) CONTRAB/FIERGS - 2009-2010-2011.
• Coordenador da Bancada Patronal da CNTT - NR-12 (Representante da CNI) 2008-2013.
• Consultor de Empresas (Mecânica e Segurança do Trabalho).
• Vice-presidente da ABEMEC-RS - 2013-2014.
• Diretor Técnico da ANEST (Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho) - 2010-2012.
• Diretor da Safe Engenharia.
• Ex-Diretor do SINPLAST (Sindicato das Indústrias do Material Plástico) RS.

Fonte: CREA-RS

Página 2 de 7