Notícias

75ª Soea: Minicurso aborda PMOC

O primeiro dia de programação da 75ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia (SOEA) contou com minicursos sobre Indústria 4.0 e Plano de Manutenção, Operação e Controle de Sistemas de Climatização (PMOC).

Estiveram presentes o vice-presidente da Federação Nacional da Engenharia Mecânica e Industrial (FENEMI) e presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Mecânicos Seção Distrito Federa (ABEMEC-DF), eng. mec. Gutemberg Rios, o ex-presidente da FENEMI e coordenador do Congresso Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial (CONEMI), eng. mec. Jorge Nei Brito, e o diretor técnico e de eventos da ABEMEC-BA, eng. mec. Eduardo Sousa.

Ministrado pelo eng. mec. e seg. trab. Arthur Visgueiro Maciel, o minicurso introduziu o conceito de PMOC, falando sobre a implantação e acompanhamento. Após a sanção da Lei n° 13.589/2018 pela Presidência da República, o PMOC tornou-se obrigatório e tem objetivo de prevenir ou minimizar danos à saúde dos ocupantes de edifícios com climatização instalada. Para isso, é necessário haver um responsável técnico habilitado para acompanhamento e execução do Plano.

Nesta quinta, a programação da SOEA tem continuidade com palestra sobre Indústria 4.0 e reunião da Coordenadora de Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial (CCEEI).

Confea se posiciona pela reconstrução ética do país

Entre profissionais, estudantes, pesquisadores, cientistas e lideranças classistas, cerca de 3 mil pessoas prestigiaram, na noite desta terça-feira (21/8), a abertura da 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia – a primeira da atual gestão do Confea. Empossado em janeiro último, o presidente Joel Krüger destacou, em seu discurso de abertura, a importância do diálogo com os diversos órgãos do governo e outras instituições. “Precisamos mostrar que a nossa engenharia, nossa agronomia, nossas geociências são alavancas propulsoras do desenvolvimento nacional e precisam ser respeitadas e ouvidas”.

Krüger foi aplaudido quando se posicionou contra a privatização da Eletrobras. “A Eletrobras é agente protagonista do setor elétrico. O Confea não ficará omisso, assistindo passivamente a desmontes de patrimônios nacionais – se posicionará da mesma forma sempre que a soberania nacional for atacada”.

Ao se referir aos homenageados com as honrarias do Sistema Confea/Crea, o presidente do Confea rendeu referências ao passado, ao presente e ao futuro – este que se materializa a partir dos estudantes e pesquisadores participantes do Congresso Técnico e Científico – Contecc. “Com 577 trabalhos apresentados, esses jovens nos dão uma visão do muito que a área tecnológica pode proporcionar para a reconstrução do Brasil, como o proposto no tema central da Semana. Eles representam a renovação do país e do Sistema Confea/Crea e Mútua”.

Pela segunda vez em Maceió (AL), a Semana tem como tema, em 2018, “Engenharia e Ética na Reconstrução do Brasil”. Com programação intensa, até sexta-feira, 24/8, engenheiros, agrônomos, geólogos, meteorologistas e geógrafos debatem soluções para a retomada do crescimento do país por meio da valorização dessas profissões.

Representando o governador de Alagoas, Renan Filho, o secretário executivo do Gabinete do Governo, Adrualdo Catão, destacou a relevância da Soea e dos profissionais do Sistema Confea/Crea para o futuro do Brasil. “É com muito orgulho que recebemos este importante evento de profissionais da engenharia, que certamente serão a chave da retomada do crescimento da economia do país”. Catão reiterou o convite aos participantes a desfrutarem das belezas, cultura e costumes de Alagoas. “Sejam todos bem-vindos ao nosso estado.”

Orgulho também foi mencionado pelo prefeito de Maceió, Rui Palmeira. “Teremos debates riquíssimos na 75ª Soea. Que ao término do evento possamos fazer reflexões importantes para a engenharia”, disse. Palmeira também destacou a importância da engenharia para a superação do “momento conturbado no país”, como disse. “Quando a engenharia vai bem, o país segue o mesmo caminho. Temos que acreditar que o próximo ano será o do retorno ao desenvolvimento”.

Presidente do Crea-AL, Fernando Dacal
Presidente do Crea-AL, Fernando Dacal

Ao ressaltar que 2018 é o ano em que o Crea-AL comemora seu Jubileu de Ouro, o presidente do Regional anfitrião, eng. civ. Fernando Dacal, mostrou comprometimento: “Vamos fazer a maior Soea da história. Precisamos mostrar ao Brasil que a retomada do desenvolvimento obrigatoriamente passará pelas mãos da engenharia”.

Paulo Roberto Guimarães, diretor e presidente da Mútua
Paulo Roberto Guimarães, diretor e presidente da Mútua

Em sua oportunidade, o eng. civ. Paulo Roberto Queiroz Guimarães, diretor-presidente da Mútua, resgatou sua história enquanto diretor da Caixa de Assistência em outras Semanas de Engenharia. “Há doze anos, inaugurávamos, aqui em Maceió, este mesmo centro cultural e de exposições, na 63ª Soea”, lembrou, afirmando querer repetir a marcante presença da Mútua no evento, como aconteceu em naquele ano. “Volto a este lugar, numa Soea, no momento em que assumirei a minha segunda gestão na presidência da Mútua. Acredito que esse fato traga as mesmas boas energias de 2006 para a nossa gestão”, afirmou, convidando todos para a cerimônia de posse da nova diretoria da Mútua, a ser realizada na sexta-feira (24).

Também participaram da mesa de abertura a presidente da União Pan-Americana de Associações de Engenheiros (Upadi), eng. civ. María Teresa Dalenz, o vice-presidente do Confea, eng. eletric. Edson Alves Delgado, o coordenador adjunto do Colégio de Presidentes, Arício Resende (presidente do Crea-SE), o coordenador do Colégio de Entidades Nacionais, eng. civ. Wilson Lang, e o coordenador nacional de Câmaras Especializadas de Geologia e Minas, geól. Ronaldo Malheiros Figueira.

Reportagem: Adriano Comin (Crea-SC), Jescika Araújo (Crea-PI), Brunno Falcão (Crea-GO), Maria Helena de Carvalho (Confea), Rafael Valentim (Crea-AM)

Edição: Beatriz Craveiro (Confea)

Revisão: Lidiane Barbosa (Confea)

Equipe de Comunicação da 75ª Soea

Fotos: ART IMAGEM Fotografia

 

75ª Soea: Alberto Belchior tem nome inscrito no Livro do Mérito

Em noite de homenagens, a 75ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia teve sua abertura marcada pela emoção, na noite dessa terça (21), em Maceió (AL). O engenheiro mecânico Alberto Leite Barbosa Belchior foi homenageado in memoriam com a inscrição de seu nome no Livro do Mérito do Confea. Na solenidade, o vice-presidente da Fenemi, eng. mec. Gutemberg Rios, entregou a láurea ao filho do engenheiro, Matheus Belchior.

“Eu e minha família estamos muito felizes pela indicação da Fenemi e temos muito orgulho de representar meu pai aqui. Traz boas memórias também”, declarou Matheus. “A família sabe o tamanho da dedicação dele em favor da Engenharia do Ceará”, complementou.

"Esse singelo gesto de homenagem a um engenheiro, bravo e lutador, é o merecido reconhecimento não apenas por seu trabalho, mas à engenharia nacional que aos poucos se torna mais coesa e focada", destacou o vice-presidente da FENEMI. "Ser o porta voz da engenharia mecânica e industrial do Brasil em sessão solene é inenarrável! Estamos cuidando com muito afinco para o desenvolvimento de nossa indústria nacional, certo de que em breve estaremos também homenageando novos destaques e engenheiros notáveis".

Livro do Mérito - A outorga é concedida anualmente durante a realização da Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea). Nesta 75ª edição, o evento está sendo realizado em Maceió, Alagoas, até o dia 24 de agosto. As instituições são convidadas a indicarem aqueles profissionais com reconhecida carreira profissional pautada na ética e contribuições para o desenvolvimento e defesa da Engenharia Nacional.

“Sentimo-nos muito honrados e gratos pela homenagem que será concedida a este notório profissional da Engenharia Mecânica nacional”, afirmou o presidente da FENEMI, Marco Aurelio Candia Braga.

Alberto Leite Barbosa Belchior – O engenheiro mecânico cearense foi indicado pelo ex-presidente, atual membro do Conselho Executivo da FENEMI, eng. mec. Jorge Nei Britto. Sua história foi marcada por relevantes contribuições ao Sistema Confea/Crea e Mútua. Destaques para os serviços prestados ao Confea, ao Crea-CE, no fortalecimento das Entidades de Classe (SENGE; AEMI-CE; CEC), das profissões, e aprimoramento técnico profissional. Belchior colaborou ainda no setor público, contribuindo no Departamento de Edificações Rodagens e Transportes -DERT, participando de diversos projetos governamentais. Sua atuação como engenheiro, na gerência e consultoria, de diversas empresas privadas, revelou sua importância na Engenharia. Belchior faleceu em março deste ano.

São 24 agraciados no Livro do Mérito e na Medalha do Mérito e três menções honrosas a entidades.

Nota de falecimento: Eng. Paulo Deni Farias

Com pesar comunicamos o falecimento do Engenheiro Mecânico e de Engenheiro de Segurança do Trabalho Paulo Deni Farias, na tarde dessa quinta-feira (16), natural de Rio Grande, aos 68 anos de idade. O velório está acontecendo na Capela 3 do Cemitério da Santa Casa (Av. Professor Oscar Pereira, 423), na Capital. O enterro será às 16 horas.   

Este profissional atuou em diversas instâncias no Sistema Confea/Crea. No CREA-RS foi conselheiro, representante da Sociedade de Engenharia no Estado do Rio Grande do Sul, por três mandatos na Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica, tendo sido indicado para coordenador e coordenador-adjunto. Entre os anos de 2011 a 2013 foi 1º vice-presidente do Conselho.

Em 2015 foi eleito pelo Plenário do CREA-RS para ser diretor financeiro da Mútua-RS. Na Sessão Plenária Ordinária de fevereiro deste ano foi reconduzido ao cargo na Mútua-RS ano para cumprir o segundo mandato até 2020. Foi empossado pelo Eng. Agr. Gustavo André Lange, 1º vice-presidente do CREA-RS no exercício da Presidência, Eng. Civ. Astor Grüner, 2º vice-presidente, e Geól. e Eng. Seg. Trab. Pablo Souto Palma, diretor-geral da Mútua-RS.

Em nome da Diretoria, dos conselheiros, inspetores e funcionários, o CREA-RS presta condolências aos familiares e amigos. 

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

• 1º Vice-Presidente do Crea-RS – 2013.
• Conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS (Representante da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul - SERGS) - Conselheiro Suplente – 2005 a 2007; Conselheiro Titular – 2008 a 2010, e 2011 a 2013.
• Coordenador Adjunto da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS  - 2009.
• Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Industrial do CREA-RS - 2010 e 2012.
• Representante de Plenário do CREA-RS na Coordenadoria Nacional das Câmaras de Engenharia de Segurança do Trabalho - 2010-2011.
• Coordenador Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial do Sistema CONFEA-CREA – 2012.
• Vice-presidente do CREA-RS - 2013.
• Membro do CPR-RS (Comitê Permanente Regional) (NR-18) Representante da FIERGS.
• Conselheiro do CONTRAB (Conselho das Relações do Trabalho e Previdência) FIERGS.
• Coordenador do GEAT (Grupo de Estudo do Ambiente do Trabalho) CONTRAB/FIERGS - 2009-2010-2011.
• Coordenador da Bancada Patronal da CNTT - NR-12 (Representante da CNI) 2008-2013.
• Consultor de Empresas (Mecânica e Segurança do Trabalho).
• Vice-presidente da ABEMEC-RS - 2013-2014.
• Diretor Técnico da ANEST (Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho) - 2010-2012.
• Diretor da Safe Engenharia.
• Ex-Diretor do SINPLAST (Sindicato das Indústrias do Material Plástico) RS.

Fonte: CREA-RS

Inscrições gratuitas para o Encontro Tecnológico de Refrigeração e Ar Condicionado

O evento será em Ribeirão Preto, São Paulo, nos dias 15 e 16 de agosto para profissionais da área

Nos dias 15 e 16 de agosto acontece o Encontro Tecnológico de Refrigeração e Ar Condicionado (ENTRAC), o evento será na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, no Taiwan Hotel. As  inscrições são gratuitas.

O encontro já conta com cerca de 10 patrocinadores, oferecendo nos dois dias, durante o período da tarde, exposições e oficinas ministradas por grandes empresas do ramo, para profissionais que atuam na manutenção de refrigeração e ar condicionado.

Para conferir a programação completa do curso e realizar a inscrição gratuita, basta acessar o site: http://www.engenhariaearquitetura.com.br/entrac/ribeiraopreto/programacao.html

Confira a cartilha de climatização da Abrava

A ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento) criou uma cartilha de orientação sobre manutenção de sistemas de climatização, apresentando as Renabravas: opiniões da Abrava em relação à prática de Engenharia, esclarecendo dúvidas e orientando os profissionais da área sobre assuntos técnicos do setor AVAC-R. Confira o documento completo no link: abrava.com.br/download

Diretor da Fenemi recebe título consecutivo de cidadão honorário em Minas Gerais

O Diretor da Fenemi (Federal Nacional da Engenharia Mecânica e Industrial), professor e engenheiro mecânico, Josias Gomes Filho, recebeu no dia 29 de julho, o título de cidadão honorário de Divinópolis, município de Minas Gerais, que foi entregue pela Câmara Municipal da cidade.

Segunda homenagem de cidadão Honorário consecutiva, no ano passado o diretor também recebeu o título em Nepomuceno, município de Minas também. “Assim sou agora cidadão das duas cidades onde fui diretor do CEFET" comemorou o diretor.

HISTÓRIA

Sexto filho de uma família de 10 irmãos, Josias Ribeiro nasceu no município mineiro de Araçuai no Vale do Jequitinhonha, tendo herdado do pai, o nome, o caráter e a generosidade.

Aos 15 anos mudou-se para Belo Horizonte com o propósito de continuar os estudos. Em 1976 ingressou na Escola Técnica Federal de Minas Gerais, atual CEFET-MG, como aluno do curso técnico de Mecânica. Em 1980 iniciou o curso de Engenharia Mecânica pela PUC-MG e no ano seguinte a graduação em Licenciatura Plena - modalidade Mecânica, pelo CEFET-MG, tendo graduado-se em ambos.

Josias Filho trabalhou em Belo Horizonte, Goiânia e Vitória do Espírito Santo sempre no Setor de Máquinas e Equipamentos de grande porte. Em 1989, prestou concurso público para professor do CEFET-MG em Belo Horizonte, sendo aprovado em 1º lugar para a Cadeira de Mecânica e Projetos de Máquina

 Ele é casado com a professora pedagoga Alaide Alves Ribeiro com quem tem dois filhos: o analista de sistemas Josias Ribeiro Neto e o estudante de engenharia civil Luiz Felippe Ribeiro.

*Fonte: Site Gazeta de Araçuaí

Fenemi apoia IT Fórum Expo 2018 em São Paulo, encontro que discute o futuro da tecnologia no país

O evento reúne vários profissionais da área de tecnologia e busca estratégias de aprimorar o setor de IT

Nos dias 17 e 18 de outubro acontece o It Fórum Expo 2018, encontro que reúne profissionais do TI debatendo a tecnologia de informação e o futuro do setor no país. O evento acontece no centro de convenções e exposições Transamérica Expo Center, de São Paulo e conta com o apoio da (FENEMI) Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial.

O encontro tem como proposta discutir o cenário dos setores econômicos, como Transportes, Supply Chain, Logística, Recursos Humanos, Marketing e Vendas, Finanças e Compras. Além de debater maneiras para impulsionar organizações, carreira de profissionais de TI e de profissionais de outras áreas, que tem a tecnologia como ferramenta de trabalho.

O evento soma mais de 150 palestrantes de empresas como Senior Sistemas, Avaya, IBM, iFood, Coca-Cola Andina, SAP e Banco Santander. Com participação da humanoide Sophia e o CEO da Hanson Robotics, seu criador, além de presidentes de empresas como Oracle, Microsoft, IBM, Korn Ferry, Whirlpool, Flapper, Agibank, Great Place to Work, SAP, Cisco e Cubo.

O principal objetivo do IT Forum Expo, é apresentar estratégias para o Brasil se tornar um país inovador e inclusivo, tendo a tecnologia como a ferramenta que impulsiona não só o país mas, carreiras para um futuro melhor, no cenário de uma transformação digital, de uma sociedade 5.0.

As inscrições para participar do encontro já estão disponíveis com as seguintes opções de credenciais: Discovery, Connect, Immerse, CXO e Masterclass - todas com acesso as apresentações e experiências durante todo o evento. Engenheiros Mecânicos que se inscrevem no acesso Immerse e MasterClass com o cupom ABMEC30 ganham 30% de desconto.

Para mais informações e inscrições acesse o site: http://www.itforumexpo.com.br

PUC-Rio recebe a segunda edição do Openday em agosto

Evento reunirá especialistas em pesquisa e desenvolvimento de aplicações voltadas à Modelagem e Simulação. Diversas entidades e empresas são parceiras do seminário

A PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Rio de Janeiro receberá no próximo dia 24/08 a segunda edição do Openday. Realizado pela primeira vez em 2017 pela OPENCADD em parceria com a Escola de Engenharia da universidade carioca, o evento tem por objetivo difundir conhecimento sobre tecnologia e aplicações MATLAB/Simulink por meio de palestras e debates. A participação é gratuita.

 A programação 2018 do Openday contará com cases de aplicações MATLAB/Simulink para o desenvolvimento de projetos destinados a veículos autônomos, transmissão de dados pela luz, os desafios da Indústria 4.0 e gestão de projetos em Engenharia de Requisitos. As pautas abordadas no ciclo de palestras serão ministradas por pesquisadores, professores e profissionais do setor privado.  

 De acordo com o CEO da OPENCADD, Douglas Oliveira, "contar mais uma vez com o apoio da PUC-Rio é algo que muito nos honra. O Openday faz parte de uma série de iniciativas promovidas pela OPENCADD, que objetivam difundir conhecimento e abrir discussões, nos mais diferentes setores, sobre como se pensa e se aplica a tecnologia dentro do universo da Indústria 4.0 no Brasil. Prova disto, é a qualidade de apoiadores que temos este ano".

 Para  o Professor de Engenharia da PUC-Rio, Luiz Fernando Martha, “A linguagem de programação do MATLAB é atualmente um padrão de fato em diversas instituições de ensino de Engenharia no mundo. É utilizado também por empresas de qualquer área que fazem uso de simulação computacional de problemas de engenharia, física, química, biologia ou economia.  Além das bibliotecas e pacotes (toolboxes) para simulação computacional nessas áreas, o ambiente MATLAB proporciona muita facilidade para apresentação de resultados de simulação através de gráficos e imagens de diversas maneiras”.

 O evento conta com apoio do SINDRATAR-SP. “Iniciativas como essa contribuem para o desenvolvimento da tecnologia e capacitação de nossos profissionais. O SINDRATAR-SP faz questão de estar ao lado de todos aqueles que promovem o desenvolvimento de novas tecnologias”, comenta o presidente do Sindicato Carlos Eduardo Trombini.

 Palestrantes:

 

  • Professor Mauro Speranza - PUC-Rio: Case MATLAB/Simulink: Determinação da Trajetória ótima em pistas de corrida com restrições geométricas e dinâmicas

  • Engenheiro Flávio Pol - OPENCADD: Gestão da Engenharia de Requisitos

  • Professora Renata Maré - Poli-USP: Transmissão de dados pela luz visível

  • Professor Osvaldo Gogliano - EACH-USP:Transmissão de dados pela luz visível

  • Pedro Cortez e Rafael Rangel - Pesquisadores Tecgraf/PUC-Rio: Case: Ferramenta gráfica para Modelagem e Análise em Engenharia Estrutural

  • Jorge Zato - Gerente Corporativo de Engenharia e P&D - Trox do Brasil: Indústria 4.0

O II Openday é uma realização da OPENCADD em parceria com a Escola de Engenharia da PUC-Rio e conta com o apoio institucional das diretorias dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro do Sindratar (Sindicato das Indústrias de Refrigeração, Aquecimento e Tratamento de Ar), Opencadd University, Associação Comercial do Rio de Janeiro, A. Salles Engenharia, Ashrae, Clube de Engenharia, CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) do Rio de Janeiro, Federação Nacional de Engenharia Mecânica e Industrial e Trox.

Entidades de Sistemas Prediais pedem apoio ao Confea

Grupo de entidades que representam sistemas prediais  - representando 17 entidades,  algumas delas  do Grupo de Trabalho  de Sistemas Prediais ligado à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e ao Comitê Nacional de Climatização e Refrigeração -  pede apoio do Confea em conflito de competências que envolvem o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e a Resolução 21, que extrapola ao relacionar as competências dos arquitetos. Para tanto, apresentaram o documento “As atribuições profissionais nos campos de atuação das Engenharias e o CAU-BR”.

 

 

 

O documento explicita claramente as atribuições de cada profissão, e tem servido para mediar conflitos, nortear teses, inclusive no Ministério Público Federal (MPF) e na Procuradoria Geral da República (PGR).  “Oferecemos esse trabalho que precisa ser discutido e até ampliado, se for o caso, para subsidiar tecnicamente os juízes nas suas decisões. Precisamos instruí-los porque estão sendo induzidos ao erro”, disse o representante da  Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais (Abrasip), Paulo Barreto. Durante o debate, o conselheiro William frisou a diferença entre diretriz curricular e conteúdo integralizado – o que efetivamente foi cursado e que deve servir de base para definição das atribuições na hora das decisões judiciais. Segundo os engenheiros, houve má-fé desde o início quando induziram o legislador a um erro e, agora, os juízes ao colocarem na lei diretriz curricular. “Não estão em discussão as atribuições de atividades dos Arquitetos, mas sim as atribuições de campos de atuação”, ponderou o palestrante Barreto.


Segundo o presidente do Sindicato da Indústria de Refrigeração, Aquecimento e Tratamento de Ar de São Paulo (Sindratar-SP), Carlos Eduardo Trombini, é preciso colocar as coisas em seu devido lugar.  “A sociedade clama por ordem e por progresso. Somos 17 entidades unidas a fim de buscar resultado. Aqui são 18 conselheiros que representam milhões e uma falta de articulação nossa pode prejudicar todos esses profissionais e colocar em risco a sociedade da maneira como hoje essas atividades vêm sendo inadequadamente exercida por outros profissionais”. O grupo de entidade afirma que essa situação coloca em risco a sociedade, constrange profissionais, distribuidoras de energia e Corpos de Bombeiros, causa insegurança jurídica e tem perdurado por tempo longo demais sem definição clara e definitiva.

Os palestrantes saíram satisfeitos com a repercussão do documento junto ao Plenário.  “Vimos aqui a sensibilização dos conselheiros sobre esse conflito. Temos a esperança de criar uma única voz, que coordene todas as ações – hoje isoladas – a fim de reverter esse cenário“, disse Trombini.
Confira o documento: Apresentação Sindratar

  

Fernanda Pimentel
Equipe de Comunicação do Confea

Página 2 de 6